Posts com Tag ‘Mural’

E olhei, e eis um cavalo pálido, e o que estava montado nele chamava-se Morte; e o Inferno seguia com ele; e foi-lhe dada autoridade sobre a quarta parte da terra, para matar com a espada, e com a fome, e com a peste, e com as feras da terra.

— Apocalipse-6:7

Este simpático cavalo mustangue é o cartão de visitas do Aeroporto Internacional de Denver.

O criador da obra, Luis Jimenez foi morto tragicamente esmagado pela estátua em acidente em seu estúdio quando trabalhava na peça hoje localizada em frente ao aeroporto. Sua família se refere como “cavalo do demônio”.

Na lista de bizarrices existem no aeroporto ainda estes belos murais de Leo Tanguma: um soldado aparentemente nazista com uma AK47 traz escuridão ao mundo colorido (diversificado) e opressão as crianças. Além de matar a pomba branca da paz com uma scimitara.

E este com uma cidade ao fundo envolta de alguma espécie de fumaça, um incêndio apocalyptico, animais aprisionados e três crianças de diferentes etnias em caixões aberto:

E mais recentemente inaugurou-se mais uma estátua de 25 metros para fazer companhia ao “Mustang do Inferno”. Anúbis, o deus da morte egípcio.

A arte peculiar dá eco aos rumores sobre conspirações envolvendo o aeroporto, um prato cheio para todo tipo de especulação. Desde uma base secreta subterrânea e avistamento de OVNIs  e até envolvimento de sociedades secretas.

Existe uma placa maçônica comemorativa com material a ser aberto em 2094. E algo ainda  sobre uma “Comissão do Aeroporto do Novo Mundo.”

É, explica muita coisa.

Anúncios