Seis armas bizarras para subjugar multidões desarmadas

Publicado: agosto 16, 2011 em Mundo
Tags:, ,

Greves. Protestos de estudantes. Passeatas. Marchas. Distúrbios. Quebra-quebras. Surgem novas opções quase “não-letais” para persuadir uma multidão furiosa.

da AlterNet

1. O Raio Invisível da Dor: o Santo Graal do Contole de Multidões

Chamado ‘Sistema de Negação Ativa‘ é desenvolvido pelos militares americanos. Funciona lançando um raio eletromagnático na forma de ondas de alta frequência. Que nem um microondas que esquenta as moléculas de água na sua cozinha, esta aqui esquenta o sangue e frita até cérebros de multidões. Segundo portavoz dos militares: “No primeiro microsegundo, vc sente como se sua pele estivesse esquentando. Então se torna cada vez mais quente e você se sente como se estivesse em chamas… enquanto estiver no raio de ação das ondas.”
2. O Laser Atordoante
Chamado de “Travador Pessoal de Resposta Estimulada” (ou algo desse tipo), na sigla em inglês PHaSR é um tiro laser massivo. Tecnologia desenvolvida pela Junta de Armas Não-Letais  (JANL). Como funciona? Este laser não irá te matar, mas te deixará temporariamente cego. Multiplique por um milhão aqueles pequenos lasers que nos estádios de futebol brasileiros costumam usar no juiz e voilá, este é o PHaSR.
3. Uma ‘Doze’ Taser 
Taser produz a já conhecida pistola elétrica ou arma de mão para atordoar. A Guarda Municipal do Rio de Janeiro já está equipada com os ‘tasers’. Este aqui é o mesmo princípio mas um pouco diferente. Ao contrário de uma arma de mão, esta é uma DOZE. Um taser que tomou anabolisantes.

4. Calmante Controlador de Multidão

Apesar da Convenção de Armas Químicas de 1997 proibir o uso de agentes químicos, a JNLWP sempre considera o uso de  ‘calmantes’ tanto em uso militar como o de disperção de multidões. São desenvolvidos em diversas formas e estas armas não-letais podem ser administradas como spray, dardos ou bombas.

5. Microondas Racha-Cucas

Ainda em processo de desenvolvimento está a Mob Excess Deterrent Using Audio (ou melhor, M.E.D.U.S.A. da mitologia grega) que utiliza um estridente raio microondas que induz desconforto no crânio. O efeito no som do MEDUSA é alto o suficiente para incapacitar uma multidão. Pode até mesmo causar danos cerebrais. Como todas as outras armas, não é nada “não-letal”.

6. Sirene Explode-Ouvido

O Dispositivo Acústico de Longo Alcance construído pela American Technology Corporation funciona como uma sirene com um som absurdamente alto por centenas de kms e já foi usado nos protestos da reunião do G-20 em 2009. Primeiro usam como megafone para que acabem os protestos. Em caso de negativa, uma sirene “explode” os ouvidos dos manifestantes. E sim, pode danificar permanentemente os ouvidos. Em Israel existe o similar chamado Gerador de Trovão (Thunder Generator) que segundo relatos poderia causar até mesmo a morte.

Anúncios
comentários
  1. Gessica Herdy disse:

    O calmante de fumaça parece ser o menos agressivo.

  2. […] Seis armas bizarras para subjugar multidões desarmadas […]

  3. […] Seis armas bizarras para subjugar multidões desarmadas […]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s