José Sarney se defende e declara seu apoio a Dilma

Publicado: setembro 2, 2010 em Política
Tags:, , , ,

Presidente José Sarney que se defende de acusações , elogia a mídia independente e pede votos para Dilma.
Por José Sarney*

Boa tarde internáuticas e internáuticos
É a primeira vez que me utilizo desta ferramenta de comunicação maravilhosa. Peço paciência a todos pois ainda estou por me aventurar nestas terras.

Querem desmoralizar a Internet, a chamada mídia alternativa, pois sabem que o povo não acredita mais no denuncionismo da grande imprensa que me ataca com interesses escusos, para desmoralizar um político como eu, que sempre estive ao lado da população.

Essa mídia alternativa, blogs e sites com conteúdo político independente, no geral se contrapõe à mídia controlada pelo grande capital, a mídia como puro e mero comércio e não como formadora de opinião e/ou utilidade pública.

Aqui desejo um diálogo direto com o cidadão comum. O cidadão que sabe muito bem a pessoa honesta e correta que sempre fui.

Ao longo da vida, não tenho feito outra coisa senão louvar a Instituição legislativa e a ela tenho prestado serviços. São 55 anos, sessenta de vida pública e cinquenta dentro do Parlamento.

Não seria agora, na minha idade, que iria praticar qualquer ato menor que nunca pratiquei na minha vida.

No Senado assisti, durante esses anos todos, muitos escândalos, muitos momentos de crise. Mas, em nenhum momento, meu nome esteve envolvido em qualquer dessas coisas de comissões aqui dentro desta Casa.

Então, é com essa responsabilidade que nunca tive meu nome associado a qualquer das coisas que são faladas aqui dentro do Congresso Nacional, ao longo do tempo, porque isso é uma crise mundial. O que se fala aqui no Brasil sobre o Congresso fala-se na Espanha, fala-se na Inglaterra, fala-se na Argentina, fala-se em todos os lugares do mundo.

Não existem atos secretos. Hoje todos os atos estão na rede. Não existe ato nenhum que não esteja na rede. E, ao contrário do que se pode dizer de ato secreto, ninguém pode tomar posse sem levar a sua nomeação publicada. Como dar posse a alguém sem ter a sua nomeação publicada?! Isso não existe.

Se alguém fez, vamos punir, vamos descobrir, e é para isso que a nossa comissão está sendo feita. Mas, querer colocar nas minhas costas? Nós estamos apurando. É realmente uma coisa que eu digo que é injusta, para não dizer que vou mais longe.

Todos nós, então, devemos ver o que está errado e corrigirmos o que está errado e eu estarei, aqui, pronto para cumprir tudo o que o Senado decidir e, ao mesmo tempo, vou levar em frente, doa a quem doer, resistências que tiver porque isto são resistências mas nós iremos em frente. Nós iremos fazer do Senado tanto o que pudermos. Iremos fazer do Senado aquilo que todos os Senadores e o povo desejam: uma Casa respeitada.

Fundação Sarney que faz um belo trabalho de Memória do Povo Brasileiro esteve prestes a fechar as portas. Mas com muita luta e sacrifício, ainda tenho esperanças que isso não seja necessário.

Com relação ao patrocínio da Petrobras ao projeto da Fundação José Sarney teve como objeto a recuperação e catalogação dos acervos museológico e bibliográfico da Fundação.

O projeto foi executado e todas as contrapartidas de exposição da marca foram cumpridas. É importante ressaltar que este contrato de patrocínio não previa a digitalização do acervo.

O patrocínio à fundação foi feito via Lei Rouanet. Como é estabelecido em lei, cabe aos patrocinados prestarem contas ao Ministério da Cultura, incluindo notas fiscais de despesas realizadas. A Petrobras é responsável pela verificação do cumprimento do projeto e das contrapartidas previstas no contrato.

Tudo em fiel acordo com a lei da forma mais transparente possível.

Em nenhum momento da minha vida faltei ou faltarei ao decoro parlamentar.

Não favoreci neto ou neta.

Não menti.

Sou, isto sim, vítima de uma campanha sistemática.

Mas continuarei honrando o povo do Maranhão assim como do Amapá e de todo Brasil, como sempre fiz.

O caso ‘Lunus’ foi uma conspiração orquestrada pelo governo FHC e seu então candidato a Presidência, José Serra.

Fizeram verdadeira tempestade em copo d’água com novamente esta parte da imprensa sempre golpista, em operação armada com uso da máquina Estatal de forma suja e imoral, uma perseguição política só comparável a da Gestapo ou a KGB da União Soviética.

José Serra então ministro do governo FHC criou uma verdadeira agência de inteligência para assim perseguir seus adversários de forma só se comparando às praticadas pela Gestapo, no Nazismo, e pela polícia política, na União Soviética.

No caso ‘Lunus’ quem acredita, neste país, qual o verdadeiro idiota acreditaria, que uma ação desta magnitude seria armada sem que a máquina estatal de nada soubesse ou dela não participasse?

Quem nesse país não sabe que foi uma ação política suja, com propósito determinado?

Relatei na época para o então presidente FHC as informações que obtive, segundo as quais certos agentes da ABIN e desta agência pessoal que José Serra criou no ministério da Saúde tinham se deslocado para o Maranhão, o Piauí e o Pará, com o intuito de devassar a vida de minha família e de meus amigos.

José Serra agiu e age tal como Richard Nixon se utilizando de métodos imorais para perseguir seus adversários.

Processos, inquéritos, condenações políticas forjadas, foram sempre métodos de intimidação e liquidação de adversários, métodos já ultrapassados na humanidade.

O Brasil não pode ter inquéritos secretos para provocar o medo, o terrorismo moral.

Não acreditem em tudo que adversários e parte do corporativismo golpista de certos seguimentos da mídia escreve buscando me atacar com único objetivo de com isso atingir Lula – e assim atacar Dilma.

Para êxito do governo, Dilma é a sacerdotisa do serviço público.

Já fui tudo na vida e posso afirmar que poucas vezes vi uma pessoa tão dedicada.

Por trás de tudo isso que Lula está fazendo, Dilma está na retaguarda.

Não se esqueçam. Ela está prestando muito serviço ao Brasil e vai prestar por muito mais tempo ainda.

Lula fará seu sucessor, que ande como Vossa Excelência, que trabalhe como Vossa Excelência e que pense como Vossa Excelência.

Pois se Lula é o cara…

…Dilma é a cara do cara.

A candidata mostra a ascensão das mulheres nesses anos todos.

O exemplo extraordinário que ela dá, naturalmente a contribuição que tem dado e vai continuar dando ao nosso país.

É exatamente nas camadas mais baixas da sociedade que estão tendo maiores aumentos de salário e mais programas de transferências de renda, poder de compra maior, para poder fortalecer o mercado interno.

Tenho orgulho de tudo que nós fizemos, de vê a melhoria da vida do povo, a distribuição de renda, programas como o Bolsa Família, salário-mínimo, ProUni mudaram as condições sociais do Brasil, mudaram profundamente.

Os avanços sociais e economicos no governo Lula todos brasileiros e brasileiras estão vivenciando. Por trás de tudo isso que Lula está fazendo, Dilma está na retaguarda estão claros para muitos brasileiros. E ainda poderemos fazer mais.

Quem não quer discutir o governo Lula é porque se incomoda com as comparações.

Comparar a gestão Lula com qualquer outro período é a forma como nós podemos chegar para o povo, olho no olho, e dizer: nós fizemos.

E tenho orgulho de ter trilhado esse caminho com Lula e Dilma.

Quando então presidente da República, o lema do meu governo foi TUDO PELO SOCIAL.

Em meu governo foram criados o salário-desemprego, o salário-alimentação, o vale-transporte, e foi feita a universalização do atendimento à saúde.

É com grande satisfação que vejo que o presidente Lula ressuscitou esses programas, e os têm ampliado.

Eu diria mais: eu sou o verdadeiro pai do Bolsa Família.

Mas como o verdadeiro criador não exige recompensa do exterior fico grato e maravilhado com o legado social que deixei para nossa nação.

Para terminar, eu quero dizer a vocês que fiquem absolutamente tranquilos quanto a uma coisa: nós faremos tudo que for necessário, tudo que for para a moralidade e o bem do Senado. E eu quero inclusive a colaboração dos internautas, quem tiver uma ideia, que me envie por e-mail, que nós vamos estudar com carinho.

Quem tiver ideia para colaborar que traga para mim. Nós estamos prontos para fazer isso. Nós estamos fazendo isso. Sim, nós podemos e nós vamos fazer isso. Agora, chegar e ficar neste denuncionismo que nós estamos vendo aí, que só tem uma finalidade: a finalidade de enfraquecer as instituições legislativas, no dia em que se enfraquecer o Senado. Eu acredito que muita gente está interessada em enfraquecer o Senado e as instituições legislativas, para que possa ser exercidas por outros. São grupos econômicos, são alguns setores radicais da mídia, são radicais corporativistas que passam exercer, pressionar e ocupam o lugar das instituições legislativas. É aqui só? Não. É no mundo inteiro que está se vendo esse processo. Devemos reagir a esse golpismo.

Nesse momento nós devemos pensar no Senado da República, que é nele que estou pensando e é nele que eu irei pensar e é nele que vou continuar a trabalhar.

Não tenho nenhum motivo ou problema na consciência que não seja o de ter cumprido o meu dever e acho que não posso ser julgado. É uma injustiça do País julgar um homem como eu, com tantos anos de vida pública, com a correção que tenho de vida austera, de família bem composta, que tem prezado a sua vida para a dignidade da sua carreira e nunca, aqui, dentre os colegas, que não tenham encontrado, sempre de minha parte, um gesto de cordialidade e, ao mesmo tempo, participado. Nunca neguei um voto que fosse a não ser no sentido de avançarmos na melhoria dos costumes da Casa.

Espero poder contar com a ajuda de todos vocês. Uma boa tarde a todos, fiquem com Deus.
Com Dilma, pelo caminho que Lula nos mostrou!
Anúncios
comentários
  1. Pô, dá pra ver que é postagem fictícia. eXcuso é um erro que o literato José Sarney jamais cometeria…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s